Advogados públicos fazem paralisação de 24 horas

O presidente do Fórum Nacional da Advocacia Pública Federal, João Carlos Souto, informou que a manifestação acontece em todo país “em razão da insensibilidade da área econômica e técnica do governo”. Segundo ele, os advogados públicos poderão entrar em greve caso a Medida Provisória que reestrutura a remuneração da Polícia Federal não inclua a reivindicação…

Informe sobre a paralisação de 24 horas

Na parte da manhã, mais de duzentos Advogados Públicos Federais participaram de uma grande manifestação em frente ao Edifício sede da Advocacia-Geral da União, com discursos inflamados e queima de fogos. A imprensa esteve presente e deu destaque aos prejuízos que o apagão jurídico pode ocasionar ao PAC – Programa de Aceleração do Crescimento, cujas…

Organização das Assembléias – orientações do Comando Nacional

1) Deverão ser instituídos Comandos Estaduais de Greve coordenados, preferencialmente, pelos Delegados/Representantes de cada entidade de classe (ANAJUR, ANPAF, ANDPU, ANPPREV/SINPROPPREV, ANAUNI, APAFERJ, APBC, SINPROFAZ e UNAFE); 2) Os Comandos Estaduais deverão convocar, com a máxima urgência, as Assembléias a serem realizadas na segunda-feira, dia 03 de setembro de 2007, ou no mais tardar na…