Imagem em destaque do post.

MANIFESTO E CONSULTA PÚBLICA: Prazo de participação segue até o dia 30 de junho

A iniciativa, que visa pautar o trabalho de fortalecimento da Advocacia Pública Federal, externa a preocupação da ANAFE com a atual crise institucional da AGU.

Vai até o dia 30 de junho o período de participação para os Advogados Públicos Federais assinarem o Manifesto dos Membros da Advocacia-Geral da União e responderem a enquete para avaliar o desempenho da atual gestão da Instituição.

Por meio do manifesto, os membros das quatro carreiras da Advocacia-Geral da União demonstram publicamente a insatisfação com o momento vivenciado pela Instituição, “cujo status de Função Essencial à Justiça vem sofrendo constante erosão, decorrente das práticas cotidianas da atual gestão.”

O documento solicita a adoção de medidas concretas que se alinhem com dez pontos elencados, dentre eles: racionalização da estrutura de cargos da instituição; compromisso com as iniciativas que tratam de temporariedade nos cargos e escolha das chefias; inclusão dos órgãos colegiados permanentes no debate de todos os temas que sejam relevantes para a Instituição; e adoção de medidas concretas que busquem equacionar a forma de tratamento aos membros da Instituição.

Clique aqui para assinar o manifesto.

AVALIAÇÃO DA GESTÃO

Uma enquete para avaliar o desempenho da atual gestão da Advocacia-Geral da União também já está disponível. Podem participar da consulta online associados e não associados, membros das quatro carreiras da Advocacia Pública Federal, ativos e aposentados. A pesquisa traz as três perguntas abaixo:

1) Na sua opinião, em que medida as ações da atual gestão da Advocacia-Geral da União correspondem ao discurso sobre Advocacia de Estado e à necessidade de sua afirmação como Função Essencial à Justiça?

2) Você acredita que a atual gestão adotou medidas concretas que contribuíram para a racionalização e para o tratamento isonômico entre as carreiras e órgãos da Advocacia-Geral da União?

3) Como você avalia a gestão de Grace Mendonça à frente da Advocacia-Geral da União?

Clique aqui para participar.

Share This