Imagem em destaque do post.

ANAFE lança edital de lista tríplice para indicação do novo Procurador-Geral Federal

Por meio de votação direta, todos os Procuradores Federais em atividade poderão participar do processo de escolha para ocupação do cargo na Instituição.

A Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais (ANAFE) lança nesta quinta-feira (26) o edital para composição de lista tríplice com nomes de Procuradores Federais que estão aptos a ocupar o cargo.

O referido edital destaca a importância de se evitar retrocessos em uma linha de gestão participativa e democrática, a qual embasou a criação e o aprimoramento de diversos projetos da Procuradoria-Geral Federal, especialmente por meio da interlocução permanente com seus Comitês de Gestão em âmbito nacional, regional e local. Ressalta, ainda, que uma gestão legítima, estável, participativa e transparente é instrumental para afirmar a Advocacia-Geral da União como uma instituição de Estado, caracterizada por uma atuação republicana, transparente e comprometida com o interesse público

O presidente da ANAFE, Marcelino Rodrigues, afirma que a consulta é um importante passo na consolidação da noção Advocacia de Estado, pois confere maior legitimidade ao ocupante do cargo e cria um espaço seguro para a tomada de decisões verdadeiramente voltadas ao interesse público. “ANAFE não aceita indicações com comprometimento pessoal e defende a atuação da Advocacia-Geral da União rigidamente pautada por princípios republicanos e democráticos”, ressalta.

PROCESSO ELEITORAL

O processo eleitoral será realizado por meio do link “LISTA TRÍPLICE”. A votação ocorrerá de forma direta e secreta. De acordo com o edital, o processo começa nesta quinta-feira (26) e segue até às 15h da próxima quarta-feira (2). Os Advogados Públicos Federais poderão indicar qualquer membro da carreira de Procurador Federal para a lista.

A relação dos três Procuradores Federais mais votados, bem como a respectiva quantidade de votos recebidos, será entregue à Advocacia-Geral da União e à Presidência da República ao final do processo.

OFÍCIO

Em ofício, enviado à Advogada-Geral da União, Grace Mendonça, nessa quinta-feira (26), a ANAFE alertou a AGU sobre a votação. “Considerando o intuito manifestado reiteradamente no sentido de afirmar a Advocacia-Geral da União como instituição de Estado, a ANAFE informa que realizará consulta aos Membros da AGU da carreira de Procurador Federal voltada à formação de lista tríplice para o cargo de Procurador-Geral Federal, o qual se encontra vago em razão da súbita exoneração de seu anterior ocupante”, trouxe o documento.

CLIQUE AQUI e confira o Edital com prazos e regras na íntegra.

CLIQUE AQUI para votar.

Share This