Imagem em destaque do post.

ANAFE apresenta pleitos da carreira ao procurador-geral da Fazenda Nacional

O encontro faz parte da estratégia da entidade de aproximação com os chefes da AGU e acompanhamento das reivindicações.

O presidente da ANAFE, Marcelino Rodrigues, o vice-presidente, Rogério Filomeno, e a Procuradora da Fazenda Nacional e representante da Associação do Rio de Janeiro Lívia Abrahão Guimarães foram recebidos, na manhã desta quarta-feira (13), pelo procurador-geral da Fazenda Nacional, José Levi. Na pauta da reunião estiveram temas de interesse das carreiras, como a garantia da execução de créditos fiscais da União, o Refis, a configuração nesse novo momento da PGFN, dentre outros.

De acordo com o presidente da ANAFE, Marcelino Rodrigues, o intuito do encontro foi de discutir temas relacionados à carreira de Procurador da Fazenda Nacional, mantendo a política de diálogo e aproximação entre a associação e a instituição. Além disso, as pautas comuns da Advocacia-Geral da União também foram tratadas.

Sobre as operações de securitização, cessão ou novação de débitos tributários, os membros da ANAFE destacaram o trabalho da entidade para demonstrar as inconstitucionalidades no último ano e sugeriram uma atuação conjunta no Congresso Nacional na temática.

A coordenadora da carreira de Procurador da Fazenda Nacional da ANAFE apresentou as pautas especificas da carreira, agradeceu pelo espaço e reafirmou a disposição de somar forças na defesa de todos os membros da Advocacia Pública Federal.

O procurador-geral da Fazenda Nacional, José Levi, falou sobre a atuação da PGFN que, segundo ele, deve dar continuidade aos resultados de excelência conquistados nos últimos anos. “Em 2017, recuperamos R$ 26,1 bilhões de créditos inscritos na Dívida Ativa da União, o que representa um montante 75,4% maior que em 2016. O salto demostra que as estratégias adotadas estão dando certo.”

Em seguida, os presentes debateram sobre pleitos sensíveis do Advogados Públicos Federais. Ao final da reunião, José Levi afirmou que está atento a todas as questões pautadas pela ANAFE e colocou-se à disposição. “Sejam sempre muito bem-vindos e vamos somar forçar nas pautas comuns.”

Share This